Leandro Ramos

Lubuntu não terá mais imagens de 32 bits


Lubuntu logo

Artigo traduzido da fonte: https://lubuntu.me/sunsetting-i386/

“O Lubuntu tem sido e continua a ser o flavor do Ubuntu para pessoas que querem o maximo de seus computadores, especialmente hardware mais antigo que nao pode lidar com o volume de trabalho de hoje. No entanto, o projeto e a computaçao como um todo mudaram drasticamente de varias maneiras desde sua origem, dez anos atras. Os computadores tornaram-se mais rapidos, mais seguros e, mais notavelmente, se distanciaram da tradicional arquitetura i686 de 32 bits (generalizada como i386 no Debian e no Ubuntu).

Como um numero cada vez maior de distribuiçoes do Linux concentrou sua atençao na arquitetura x86 de 64 bits (AMD64) e nao no i386, descobrimos que e mais dificil do que antes para dar o suporte. Com as maquinas 32 bits se tornando reliquias, ficou cada vez mais claro para a Equipe Lubuntu que precisamos avaliar sua remoçao das arquiteturas que suportamos. Apos uma analise cuidadosa, lamentamos informar nossos usuarios que o Lubuntu 19.04 e versoes futuras nao terao uma versao para a arquitetura i386. Por favor, note que continuaremos a tratar os usuarios do Lubuntu 18.04 LTS i386 como cidadaos de primeira classe ate o fim de sua vida em abril de 2021.

Gostariamos de agradecer sinceramente aos colaboradores e usuarios do Lubuntu i386. Sem voces, o Lubuntu nao seria o que e hoje. A Equipe Lubuntu gostaria de encoraja-los a ler o nosso post sobre tomar novos rumos, se voces quiserem entender mais sobre nossas futuras aspiraçoes como um projeto. Lubuntu esta longe de desacelerar.

Se voce gostaria de se juntar a nossa crescente equipe de colaboradores, confira nossos canais de Telegram/Matrix/IRC.”


Minhas consideraçoes:

Poucas maquinas, atualmente, sao de arquitetura i386. A maioria dos usuarios de i386 que encontro na comunidade sao pessoas que acreditam que um sistema de 32 bits ficara mais leve em suas maquinas de 64 bits apenas pela minima diferença de consumo de memoria RAM (que nao e o principal fator de “peso” nem de falta de responsividade de um sistema). Portanto, acredito que a equipe do Lubuntu tera mais tempo para concentrar seus esforços na melhoria continua do sistema, que esta bastante leve em meu PC com Atom D525 e 2GB de RAM – maquina de 2011, usando versao de 64 bits.

Se quiserem, deixem suas opinioes aqui ou participem do grupo Ubuntu Brasil no Telegram. Abraços!